Mondim mais solidário

8 de Julho, 2021 Por admin_sim

Sim! Tem de se fazer mais.

Trabalho Social … é chamar as pessoas pelo seu nome, é respeitar a individualidade de cada um, é promover a sua dignidade fazendo com que acreditem em si como agentes da sua mudança e inclusão. O Respeito pela pessoa será sempre a base de qualquer trabalho social, mais ou menos assistencialista, com o objetivo de promover mudanças positivas e alcançar o bem estar.

Os territórios de baixa densidade, como o de Mondim de Basto, enfrentam importantes desafios sociais, como são o envelhecimento da população, a reabilitação das habitações das aldeias ou a baixa contínua da natalidade, que não deixarão de agravar os problemas económicos e sociais existentes.

Importa criar ou reforçar condições de desenvolvimento económico que a prazo possam financiar este indispensável setor social, que terá de passar pelo fortalecimento das instituições de solidariedade existentes e, se necessário, recorrer a outras respostas sociais que assegurem um apoio atempado e profissional a quem dele necessita. Reconhecer e valorizar essas instituições é defender e respeitar os mais vulneráveis e promover a qualidade de vida das pessoas.

A baixa da natalidade está também fortemente associada à desertificação do território e consequentemente à desocupação e degradação dos núcleos habitacionais das aldeias.

A falta de infraestruturas básicas nas aldeias trouxe desconforto e pouca comodidade às habitações que, na sua maioria, precisam de obras de reabilitação que não serão feitas apenas com os parcos recursos dos atuais proprietários. É necessário encontrar soluções flexíveis e ajustadas para que os mais idosos não abandonem as suas casas e os mais jovens não se afastem definitivamente das suas raízes.

Carla Silva
*As opiniões expressas nos artigos são da completa e exclusiva responsabilidade dos seus autores.